Diversos Fins de Mundo

O mundo pós-apocalíptico é um tema recorrente na literatura de ficção científica e fantasia. Não discorrerei sobre os motivos disso, posto que não sou psicanalista e nem crítico literário, mas quando eu mesmo escrevi sobre o tema, foi pelo atrativo de praticar uma abordagem “tabula rasa” sobre o mundo e começar a fazer as coisas funcionarem como eu desejava. Minhas leituras das obras do gênero, porém, me levaram a crer que muitos autores cometem erros impressionantes ao criarem suas histórias, simplificando excessivamente os processos e as realidades derivadas do “apocalipse” escolhido. Este artigo pretende ser uma análise destas limitações, ressaltando que não são todas as obras que cometem estes erros, mas a frequência deles torna útil sua discussão. […]

A Virgem do Sabá

Jovita emba­lava a menina nos bra­ços e Jerônimo as con­tem­plava, entre embe­ve­cido e des­con­fi­ado. Lembrou da noite em que a conhe­cera, não teve receios nem remorsos — sen­tiu-se, na verdade, cheio de orgu­lho de ter sido tão homem e recos­tou na cama, arfando o peito como se os pulmões inflassem dentro de uma estreita gaiola enferrujada e dezenas de nava­lhas subis­sem com a res­pi­ra­ção. Fechou os olhos, igno­rou o cheiro dos remé­dios e dos chás, e sentiu-​se de novo na noite da Serra dos Caramonos.[…]

Não Motivarei Você

É porque as pessoas que adquiriram alguma experiência na escrita conservam o direito de gostar e deixar de gostar, com a única diferença que obtiveram a capacidade de explicar porque. Algumas pessoas ouvem estas opiniões e se ofendem, o que é uma tolice. Haver pensamentos diferentes é normal. Você será criticado, você enfrentará a indiferença…

À Janela

De minha janela vejo, numa rua do morro em frente, uma moça que desce pela calçada. A distância não me permite conhecê-la, apenas vejo que não é nem muito magra e nem muito alta, que seus cabelos caem pelas costas e que é dessa cor mestiça indefinida e bela. Trajando uma blusa branca do tipo mais usado pelas moças comuns e uma blusa preta de mangas curtas decotada nas costas e – suponho – presa à frente por um lacinho de cordão.[…]

Notas para uma Polêmica Pesada sobre Filologia

Enquanto fazia uma pesquisa sobre os “erros gramaticais de Machado de Assis”, deparei-me com uma afirmação importante de um filólogo conhecido, mas cujo link acabei perdendo: não é só a orthographia que mudou nos últimos séculos (no caso Brasileiro, aliás, quatro vezes), mas também a gramática e a análise sintática. As obras da literatura luso-brasileira…

Brasil, Ano Zero

Normalmente não escrevo aqui sobre futebol, a não ser em ficção, como no recente conto “Gol de Placa, Gol de Pato”, mas vou abrir uma exceção porque tudo hoje foi exceção. A derrota brasileira para a Alemanha foi um resultado sobrenatural, desses que acontecem uma vez a cada milênio. Tão sobrenatural que nunca acontecer nada…

Engenho e Arte

> Cantando espalharei por toda parte, > Se a tanto me ajudar o engenho e arte. > — Camões. Um dos temas recorrentes nas comunidades virtuais de escritores é a dico­tomia entre talento e técnica, muito embora eu suspeite que tal controvér­sia floresce mais naqueles que não exibem nenhuma das duas coisas. Grosso modo, esta…