O Culto da Carga na Literatura Nacional

Correndo o risco de perder mais uns dois ou três dos doze ou treze leitores que me restam aqui nesse blog sonambúlico, inicio mais uma treta, com o objetivo óbvio de ofender as pessoas que gostam de mim e espantar quem ainda se interessa pelo que eu escrevo. Ou para fazer as pessoas de mente…

Um Exemplar de Burns

Original de Clark Ashton-Smith. Traduzido a partir da versão online em Eldritch Dark. Andrew McGregor e seu sobrinho, John Malcolm, eram precisamente idênticos, salvo um particular. Ambos eram inconfundivelmente escoceses, de tal forma que chegavam à caricatura: caras longas e lábios fechados, esguios e pobres ao ponto da penúria, ambos amavam de uma forma rude…

Sobre Plantar no Asfalto

Tomei recentemente uma decisão um tanto polêmica, que talvez tensione alguns relacionamentos virtuais meus. Trata-se de algo que já penso há algum tempo, mas sobre o qual só conversei com poucas pessoas. Decidi abandonar a partir de hoje uma boa parte de minha atuação na internet e nas redes sociais. Disto resultará eu participar menos…

O Ano do Gato

> Minha última participação no desafio EntreContos (aqui repostado com algumas correções de erros percebidos após a inscrição). O tema do mês era “histórias baseadas em música” e eu o ataquei utilizando como base para um conto a letra de “Year of the Cat”, sucesso de Al Stewart em 1975. Fiz isso porque a letra,…

Mais Coisas Para Não Fazer se Você se Tornar um Vilão Malvado

Além das Cem Coisas Para Não Fazer Se Você Se Tornar um Vilão Malvado, Peter Anspach recolheu mais de 150 outras sugestões, um pouco menos brilhantes, mas também interessantes. Esta postagem continua de onde a outra parou, acrescentando mais 86 lembretes para você que pretende dominar o mundo, ou pelo menos um reino. Não ordenarei…