Povo Marcado, Povo Feliz

Há dois tipos de pessoas úteis no mundo. As que acendem o fogo e as que o apagam ou controlam.

A civilização não existiria sem o fogo. Mas seria consumida sem seu controle.

Por muito tempo foi teoria de conspiração o envolvimento americano no golpe de 1964.

Que Vladimir Herzog fora morto no DOPS, onde foi meramente “dar depoimento”.

Por muito tempo foi teoria de conspiração que Jim Jones fora envolvido com a CIA.

Por muito tempo duvidaram que Georgi Markov foi morto pela KGB.

A história é assim.

Tem muita coisa que não se vê rapidamente, que se vê, mas lentamente se prova, ou nunca se prova.

Os céticos são úteis ao mundo, mas não se pode censurar a imaginação.

A imaginação, falaciosa que seja, explora possíveis conexões. Queremos padrões, queremos linhas a seguir.

Um químico alemão sonhou com o formato de uma molécula e a descobriu mais rápido.

Há verdades inegáveis, indutivas, e há outras que se insinuam, mas não se entregam.

Por isso, tanto quanto de céticos, o mundo precisa de gente esperta.

Gente que não desliga a imaginação imediatamente, mesmo que desligue a língua e os dentes por ser cedo.

Vamos em frente.

Comentários do Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This blog is kept spam free by WP-SpamFree.