A Campainha do Apocalipse

Um amigo me per­gun­tou se eu con­si­de­rava uma boa ideia para uma his­tó­ria de fic­ção a pos­si­bi­li­dade de magi­ca­mente matar as pio­res pes­soas do mundo todas de uma vez, até o limite de cinco por cento da popu­la­ção. Eu não gosto de solu­ções mági­cas, então, como você deve estar a ima­gi­nar, convenci-​o a encon­trar outra maneira de dar iní­cio ao fim da civi­li­za­ção humana na Terra. O meu amigo me olhou espan­tado e disse: “Mas eu ima­gi­nei que assim eu aca­ba­ria com o mal no […]

Silêncio

Evaldo com­pra­ria todo o seu dinheiro em silên­cio, se hou­vesse à venda em alguma loja. Costumava dizer aos ami­gos que no ruído estava a ori­gem de todo o mal que havia no mundo. Eles acha­vam que era ape­nas uma frase de efeito, mas era algo que ele dizia para si mesmo com frequên­cia — como, por exem­plo, na manhã modor­renta de vinte de junho. Sentiu-​se como quem é arran­cado do útero do sono. Havia um peso nos olhos e um silvo agres­sivo insis­tindo nos ouvi­dos, […]

Os Dândis do Congo

“The Congo Dandies”, do canal Russia Today, abriu meus olhos para um fato que eu até já intuía, mas que nunca raci­o­na­li­zara, muito menos ver­ba­li­zara: o impacto que a ide­o­lo­gia con­su­mista tem sobre as cul­tu­ras do mundo em desen­vol­vi­mento, nota­da­mente gerando situ­a­ções em que o feti­che da mer­ca­do­ria cria sub­cul­tu­ras. Infelizmente ainda não legen­dado em por­tu­guês, esse mara­vi­lhoso docu­men­tá­rio explica de maneira bem bruta como o colo­ni­a­lismo des­truiu e recriou a cul­tura popu­lar de um país afri­cano, o Congo. Tudo come­çou com os sol­da­dos con­go­le­ses […]

Ser “Gênio” em uma Sociedade Ignorante

Se con­cor­dar­mos com Jiddhu Krishnamurti, que disse não ser grande prova de sani­dade estar ajus­tado per­fei­ta­mente a uma soci­e­dade doente, pode­mos assu­mir como coro­lá­rio desta afir­ma­ção que “não é grande prova de geni­a­li­dade ser reco­nhe­cido como bri­lhante por uma soci­e­dade apa­gada”. A soci­e­dade bra­si­leira é majo­ri­ta­ri­a­mente com­posta por pes­soas apa­ga­das, epi­só­dios como o que acaba de ocor­rer com o “menino do Acre” ser­vem para com­pro­var a pro­funda falta de noção cole­tiva que nos aco­mete. Bruno Borges não tem culpa das expec­ta­ti­vas e diag­nós­ti­cos que lhe […]

Um Milhão de Motivos para Matar um Gatinho (ou um Mandarim)

Perguntaram-​me se eu mata­ria um gati­nho por um milhão de dóla­res. Bem, eu mata­ria (intran­si­ti­va­mente) por um milhão de dóla­res, desde, é claro, que o pudesse fazer de maneira limpa. Não me cri­ti­que, você tam­bém faria o mesmo. Todos pen­sa­mos uti­li­ta­ri­a­mente, e con­si­de­ra­mos mais as con­sequên­cias do que os meios. O que nos impede, em geral, são con­si­de­ra­ções de ordem esté­tica: matar é um ato bru­tal, ani­ma­lesco, e que geral­mente resulta em con­sequên­cias com­pro­me­te­do­ras para o resto da vida. Os seres huma­nos nor­mais não matam […]

Sobre a Necessidade de Discutir com Idiotas

Alfred Russell Wallace, um res­pei­tado cien­tista inglês do século XIX, que havia des­co­berto a evo­lu­ção por sele­ção natu­ral antes de Charles Darwin, certa vez ficou inju­ri­ado com um anún­cio publi­cado em uma revista local por um sujeito cha­mado John Hampdem, que tinha mais dinheiro do que cul­tura, na qual se desa­fi­ava qual­quer cien­tista a pro­var que a terra era redonda atra­vés da medida do nível do Rio Bedford, que havia sido medido em 1838 por um agri­men­sor cha­mado Samuel Birley Rowbotham. Hampdem, fas­ci­nado com esses […]

A Vaidade

O pro­blema do escri­tor é a vai­dade. Existe uma obses­são pelo pro­fis­si­o­na­lismo que se deve prin­ci­pal­mente à vai­dade: é pre­ciso ser, ou pare­cer, pro­fis­si­o­nal. Todos que­rem ser pagos pelo seu “talento” e acre­di­tam na teo­ria “tele­van­ge­lista” da “semente” e pagam seu “dízimo” para o deus-​mercado edi­to­rial na espe­rança de que seu inves­ti­mento hoje atraia os favo­res divi­nos (“sucesso, grana, fama e mulhe­e­e­e­res”… con­forme dizia a can­ção da Plebe Rude). Isso é uma mudança radi­cal que houve nos últi­mos 50 anos. Há 100 anos ser conhe­cido […]

O Preço da Passagem

Francisco é um homem con­tur­bado por um pas­sado mis­te­ri­oso do qual ele não con­se­gue nem se lem­brar e nem se livrar. Em suas alu­ci­na­ções ele vive um pesa­delo no tempo da dita­dura mili­tar, no qual visita luga­res som­brios e tem expe­ri­ên­cias de pro­fundo pavor. No pre­sente, ele tem de confrontar-​se com esses fan­tas­mas enquanto tenta recu­pe­rar sua memó­ria, na qual per­siste um grande buraco negro. Esta é uma nove­leta que explora aspec­tos da mito­lo­gia cristã clás­sica para con­tar uma his­tó­ria de ter­ror anco­rada na rea­li­dade […]

Português, Uma Língua Difícil

São mui­tos os bra­si­lei­ros que recla­mam da difi­cul­dade da lín­gua por­tu­guesa. Para a grande mai­o­ria das pes­soas, as “difi­cul­da­des” do idi­oma pátrio são pra­ti­ca­mente um fato incon­tes­tá­vel por­que esta ideia se nor­ma­li­zou no ima­gi­ná­rio cole­tivo, fazem parte das con­ver­sas dos estu­dan­tes desde as fases ini­ci­ais do Ensino Fundamental e vão se man­tendo nas dis­cus­sões fami­li­a­res, nos cur­si­nhos, no local de tra­ba­lho. Português é uma lín­gua difí­cil, que pre­cisa ser estu­dada com afinco, que pouca gente sabe usar direito. Fica-​se a um passo de dizer que […]

Navegadores Psicodélicos

O futuro da explo­ra­ção espa­cial não está em inau­di­tas tec­no­lo­gias, mas em uma antiga ideia que a huma­ni­dade já quase esque­cera. Mas nos con­fins do espaço existe um perigo extremo, que ame­aça a pró­pria exis­tên­cia da raça humana. Por muito tempo esse perigo tem sido man­tido em segredo, por­que a curi­o­si­dade do homem é mais forte que o ter­ror da des­trui­ção, mas che­gou a hora de final­mente ser enten­dido e reve­lado o supremo hor­ror do espaço pro­fundo. Em “Navegadores Psicodélicos” a huma­ni­dade se enfrenta com […]

Modificação Corporal: Sintoma de Nossa Falta de Liberdade

Tive um incô­modo insight esta semana, um que mudou minha maneira de ver a cul­tura pop atual. Já faz algum tempo que os filó­so­fos andam a dizer que nos tor­na­mos pro­du­tos no con­texto do capi­ta­lismo; que nos­sas emo­ções, dese­jos, pla­nos e medos aumen­tam ou dimi­nuem (às vezes até se criam) con­forme estí­mu­los diri­gi­dos pela pro­pa­ganda de mas­sas, que, sozi­nha, prova a invi­a­bi­li­dade da demo­cra­cia, pela sua capa­ci­dade de “manu­fa­tu­rar o con­senso”, nas pala­vras de Noam Chomsky.1 Mas não é todo dia que pode­mos tomar uma […]

Desafio Mundos Paralelos

O per­fil “Mundos Paralelos”, da Editora Abril, atra­vés de sua conta no Wattpad.com está acei­tando ins­cri­ções até o dia 15 de maio para par­ti­ci­par de uma anto­lo­gia de fic­ção espe­cu­la­tiva. As regras con­forme o link acima. Embora eu seja nor­mal­mente avesso a con­cur­sos e con­ven­cido de que nunca ganha­rei nenhum, resolvi par­ti­ci­par pela pers­pec­tiva de tra­var conhe­ci­mento com gente que real­mente está no mer­cado edi­to­rial (e não em grá­fi­cas que se tra­ves­tem de edi­to­ras). Como não há requi­sito de ine­di­tismo, indi­quei como meu cam­peão para […]