Lobato: O Espinho Que se Recusa a Inflamar

Monteiro Lobato fez parte da infância de várias gerações de brasileiros, quer diretamente, pela leitura de seus livros, quer indiretamente pela adaptação de suas obras para meios audiovisuais. De tal maneira ele se inseriu na cultura nacional que a partir de certo ponto se tornou um lugar-comum pensar que ele seria indissociável de nossa identidade. Os últimos dez ou doze anos, no entanto, têm sido ingratos para a memória e o legado do escritor paulista, desde que alguns autores resolveram corajosamente abordar a questão do […]

Por que Nossa Literatura Fantástica Continua Marginal?

Esta semana a minha bolha nas redes sociais se agitou com a discussão sobre o artigo de Santiago Nazarián para a Folha de São Paulo, em que se aborda um tema que parece incomodar aos autores de ficção fantástica: ela continua supostamente relegada a um papel marginal — desprezada pela crítica e incapaz de “deixar uma marca” na cultura nacional, seja lá o que isso quer dizer. Acredito que esse debate está, de saída, viciado por três problemas: Nossos autores raramente possuem uma conexão profunda […]

O Regionalismo Terá Sido Reduzido a uma Estética de Exotismo?

Estou retornando ao Medium, depois de muito tempo, porque aqui me encontrei com uma polêmica muito importante, que merece ser levada adiante. É algo sobre o que já escrevi no passado, mas que sempre vale a pena repisar, porque o futuro ainda está em aberto e se trata, neste momento, de uma luta pela alma do Brasil. Refiro-me ao movimento intitulado “cyberagreste” (sic), criado a partir de uma série de ilustrações feitas por um gaúcho, Vítor Wiedergrün, e que resultou em obras escritas por autores […]

Analisando a Letra: 1 – Charlie Brown Junior

Pediram-me dia desses para analisar a letra de “Ela Vai Voltar”, do Charlie Brown Jr. Gostei da brincadeira e fiz a análise. Se os leitores do blog gostarem, continuo fazendo outras. As canções do Charlie Brown Jr. não se caracterizam pela sua coerência e nem pela profundidade dos assuntos abordados. Muito menos pelo bom tratamento lírico dos temas escolhidos. Como a grande maioria das canções da banda, esta se caracteriza pela letra paupérrima e incoerente, que comete certos preconceitos (lembra do “eles são gente, mas […]

Um Faroeste Farofeiro

Francamente, eu poderia escrever uma resposta inteira só a respeito de letras ruins da Legião Urbana, um grupo que transformou a sua maior fraqueza (a lírica) na suposta marca maior de sua qualidade (Renato Russo, “o poeta do rock”). Poderei, se algum dia me pedirem, por hoje eu me limito a Faroeste Caboclo, o “hino” de uma geração que não sabia muito bem o que seria um hino. Eu poderia começar falando das rimas pobres, das estruturas sintáticas forçadas a marteladas e das construções que […]

A Arte Que A Gente Não Entende

Você já parou para pensar que algumas pinturas parecem um monte de rabiscos ou manchas de tinta que até uma criança seria capaz de fazer, mas são, ainda assim, valorizadas em milhares ou milhões? Ao mesmo tempo, você já se deu conta de que há artistas que produzem obras de uma incrível beleza, mas estão nas esquinas das grandes cidades, vendendo-as por trocados em vez de terem o devido reconhecimento? Se você alguma vez já pensou assim, saiba que não está sozinho. Muita gente também […]

A Hipocrisia do Relativismo Crítico

Gosto de ver quando tantos jovens ofendidos desancam aqueles que criticam os estudos de literatura. Em geral jovens universitários que cursam essas maerias e que sentem a água bater na bunda quando a validade de seus diplomas é posta em questão. Mas eu gostaria mais se esses mesmos revoltados reconhecessem uma obviedade: essas ideias de negação do valor da crítica não nasceram no ar, elas descendem de outras ideias que existem há muito tempo e que são normalmente aceitas como inofensivas. Refiro-me ao relativismo. Quando […]

Os Perigos do Relativismo da Crítica Literária

Existe um certo revanchismo contra as ciências humanas em geral — e as artes em particular — que se manifesta em ataques os mais diversos. Há vezes em que esses ataques partem, lamentavelmente, da esquerda, mas; no momento atual, em que a esquerda está praticamente incapacitada de dirigir o debate cultural, limitando-se a reagir quando mordida; tem sido a direita a executar a maior parte dessas provocações. O motivo pelo qual certa categoria de gente odeia as ciências humanas e as artes é baseado em […]

Podemos Ainda Perguntar Algum Porquê?

Toda criança já teve a fase filosófica em que perguntava o “porquê” de cada coisa. Há um determinado momento da vida em que desejamos ativamente participar do entendimento do mundo, penetrar o universo das respostas, aparentemente habitado pelos adultos. Perguntamos os porquês de cada coisa que nos entristence, fascina, amedronta ou seduz. Não é uma reação de rebeldia, é apenas curiosidade. Toda criança que já teve essa fase já passou, também, pela decepção de descobrir que os adultos apenas “parecem” ter todas as respostas. Incapazes […]