A Inteligência Brasileira

Às vezes me deparo com a dúvida se o brasileiro não teria um fascínio pela estupidez. Esta tese tem aparecido com frequência nas redes sociais, especialmente desde as eleições. À parte o fato de que é ofensiva, portanto nada construtiva para o trabalho de juntar os cacos do país, eu creio que é uma tese falsa. O brasileiro valoriza, sim, aquele que tem inteligência, o que não valoriza é a busca de cultura e a educação formal. Há entre nós um culto à inteligência “inata” […]

Desinformação sobre “Preconceito Linguístico”: Nova Batalha da Guerra da Pós-Modernidade contra a Ciência

O termo “preconceito linguístico” é a bola da vez nos debates dos grupos mais “cult” das redes sociais. Somente nas últimas duas semanas houve três enormes tretas sobre isso no Facebook. Parece que o conceito está finalmente chegando a um conhecimento mais geral — e isso está incomodando certos tipos de reacionários. Em alguns casos os comentários sobre o assunto são claramente desonestos e abusivos, típicos de uma direita que está ousando dizer seu nome, mas há outros que parecem bem-intencionados, apenas movidos por desinformação […]

Os Mimimizentos

Dizem que o mundo está cheio de “mimimi”. Eu acho que não, que o mundo está é cheio de pessoas arrogantes que não querem entender posições diferentes das suas, que não querem sequer ouvir o outro lado. O termo “mimimi” não pertence ao discurso racional, é essencialmente ofensivo, no sentido literal: acintoso, desrespeitoso e baixo. Aqueles que o utilizam em uma discussão revelam um desprezo profundo não só pela pessoa a quem o dirigem, mas ao próprio conceito de uma troca de ideias. Essa é […]

Livros “Perigosos”

A formação psicológica do ser humano passa por fases nas quais é natural e esperado que tenha “ídolos” em quem se espelhe. Autores, enquanto humanos que são, passam por isso. O amadurecimento do autor é um processo que passa pela superação da idolatria, substituindo-a por uma reflexão mais profunda sobre a arte. Esse processo implica em deixar de ver uma imagem única do ídolo e de sua obra. Para muitos jovens autores, a ideia de que obra e autor possam estar tão separados soa chocante, […]

Como o Lugar de Fala Pode Matar a Literatura como a Conhecemos — e Porque Isso Pode Ser Bom

Há algum tempo uma pesquisadora da UnB fez um levantamento estatístico da literatura nacional e concluiu que ela é o produto do trabalho, principalmente, de homens brancos, de classe média originários do eixo Rio-São Paulo. À parte algumas vociferações nas redes sociais, esse resultado não foi praticamente discutido por ninguém porque é uma descoberta que incomoda. Ninguém gosta de ser tachado de racista e ninguém é racista simplesmente por pertencer a uma classe privilegiada da população. Porém o que se detectou nessa pesquisa é um […]

O Prejuízo que a Homofobia Causa ao Esporte Brasileiro

Você mesmo, como eu, já deve ter um dia feito comentários contra homossexuais. Vivemos em uma sociedade tão embebida de homofobia que não nos damos conta disso por quase uma vida inteira. É uma atitude estúpida que se constrói em nós gradualmente enquanto crescemos em um meio reacionário e preconceituoso, uma atitude que custa a sacudir da alma. Venho penando para me livrar de meus preconceitos desde mais ou menos meus vinte anos de idade, quando comecei a perceber que havia injustiças no mundo. Alguns […]

Zumbis Merecem Sua Compreensão, Não Suas Balas

Livremente baseado nesta genial resposta do Quora.com Existe um imenso preconceito contra a comunidade morta-viva nesse mundo, algo tão injusto que é inacreditável que nada tenha sido feito até agora para criar uma ponte entre os mortos-vivos e a população em geral. Mas acredito que já é o momento de deixarmos de lado velhas atitudes e começarmos a construir um novo paradigma para o caso. Depende um pouco dos zumbis também. Digamos que eles têm um problema de imagem que precisa ser abordado. Eles tendem […]

Ainda Será Possível Falar do Brasil?

Parece que o Brasil virou crime. É impossível falar do país que é nosso sem desagradar a alguém. Para toda tentativa de se abordar a história e cultura nacional haverá um grupo que se ofenda e que se defenda. É como se fosse preciso passar uma borracha sobre todo o tempo até ontem e começar a viver de novo em prol do amanhã. Qualquer coisa menos que isso será controversa. Minha percepção desse absurdo vem crescendo há algum tempo, mas o alarme soou quanto li […]

Porque Odeiam Machado de Assis

O ódio a Machado de Assis é muito frequente entre jovens que alegam terem sido “forçados” a lê-lo na escola. Aparentemente os jovens acreditam que a função da escola é exclusivamente dar-lhes o que gostam e o que escolhem, daí a revolta por receberem uma tarefa tal. Certamente Machado de Assis é difícil, mas para quem não tem boa vontade, não há facilidade em nada a não ser no nada. A culpa que o Machado tem é a de ser um sucesso e ainda ser […]

Silvia Pilz e os Limites de Caco Antibes

Esta semana a blogueira Silvia Pilz finalmente deixou de escrever sua coluna semanal — Zona de Desconforto — para o jornal O Globo, após uma intensa reação da internet a postagens suas em que ela supostamente ridicularizaria os pobres de uma forma humilhante. A queda do blog revela que muita coisa mudou na sociedade brasileira nos últimos anos, Silvia não havia percebido — e muito menos nossa imprensa oligárquica o percebera. Nunca li o blog, não vou comentar o conteúdo dele em si, mas a […]

O Crítico e os Crânios de Cristal

Uma das principais características da mediocridade é o seu amor pela unanimidade. O medíocre, não sendo capaz de causar emoções duradouras e conquistar afetos sinceros, tem verdadeira paúra de ter apontados os seus defeitos. Ele ama e deseja um ambiente confortável de camaradagem e reciprocidade, “eu coço as suas costas e você coça as minhas”. Nesse ambiente se busca o aplauso, a maioria é o poder legitimador e uma simples curtida dada por um “mestre” é exibida como um troféu. Uma das funções mais importantes […]

Aquilo que Não se Vê

Esta semana, entre tantos acontecimentos escabrosos merecedores de meu espanto, me marcou mais por um acontecimento que parecia um final feliz, mas foi mais chocante que muita execução: refiro-me à libertação do ator e representante comercial Vinícius Romão. Assisti a sua entrevista após libertado e fiquei profundamente chocado com a transformação por ele sofrida no processo, transformação reveladora de muitas coisas que a TV não diz, para tentar lhe convencer que existem finais felizes. A transformação a que me refiro não é exclusivamente física, se […]