Desafio Mundos Paralelos

O per­fil “Mundos Paralelos”, da Editora Abril, atra­vés de sua conta no Wattpad.com está acei­tando ins­cri­ções até o dia 15 de maio para par­ti­ci­par de uma anto­lo­gia de fic­ção espe­cu­la­tiva. As regras con­forme o link acima. Embora eu seja nor­mal­mente avesso a con­cur­sos e con­ven­cido de que nunca ganha­rei nenhum, resolvi par­ti­ci­par pela pers­pec­tiva de tra­var conhe­ci­mento com gente que real­mente está no mer­cado edi­to­rial (e não em grá­fi­cas que se tra­ves­tem de edi­to­ras). Como não há requi­sito de ine­di­tismo, indi­quei como meu cam­peão para […]

A Geração do “Foda-​se”

Comentário lido em uma rede social a res­peito dos médi­cos capi­xa­bas que tira­ram fotos de cal­ças arri­a­das e fazendo ges­tos obs­ce­nos e publi­ca­ram na Internet: FODA-​SE o trauma que isso des­perta em alguem… Minha rea­ção a este comen­tá­rio ina­cre­di­tá­vel foi esta: Esse pen­sa­mento pode até ser acei­tá­vel na boca de uma pes­soa qual­quer, mas nunca na cabeça ou na boca de um médico. Um pro­fis­si­o­nal de saúde é alguém que deve pos­suir e demons­trar três coi­sas que você, por esta frase, demons­trou nem saber o que é: […]

Autores que Não Leem Ensinam o que Não Sabem

Uma das con­sequên­cias da falta do hábito da lei­tura entre nos­sos auto­res é a falta do domí­nio pleno da lín­gua por­tu­guesa, cada vez mais tida como dis­ci­plina opta­tiva entre os que escre­vem o futuro de nossa lite­ra­tura. O sucesso de auto­res como Paulo Coelho e Raphael Draccon, que dei­xam trans­pa­re­cer em seu texto uma imensa igno­rân­cia da gra­má­tica, da esti­lís­tica e da tra­di­ção de nossa lín­gua serve como pode­roso argu­mento em favor da super­flui­dade da cul­tura no idi­oma pátrio. De repente usar o voca­bu­lá­rio pre­ciso […]

Os Seis Arrogantes Literários

Esta pos­ta­gem é base­ada em um tópico cri­ado por Daniel Gruber na comu­ni­dade Escritores Ajudando Outros Escritores, no Facebook. Não é reco­men­dá­vel a lei­tura se você for do tipo sus­ce­tí­vel. Existem seis tipos de per­so­na­li­da­des arro­gan­tes que não enten­dem como fun­ci­ona a lite­ra­tura e o mer­cado lite­rá­rio. Estas pes­soas aju­dam a difun­dir ideias ultra­pas­sa­das, ide­o­lo­gias noci­vas e com­por­ta­men­tos estú­pi­dos. Estes são os seis tipos (os qua­tro pri­mei­ros cita­dos pelo Daniel Gruber, o quinto por Daniel Iturvides Dutra e o sexto por mim): O pri­meiro arro­gante acha […]

Você Não Precisa de Incentivo, Precisa Gostar Mais do que Faz

Há quem diga que mui­tos pro­je­tos lite­rá­rios ficam ina­ca­ba­dos por­que falta incen­tivo. Discordo fron­tal­mente. Incentivo jamais exis­tiu, pelo menos não no Brasil. Olhe em torno, conte quan­tos auto­res naci­o­nais se tor­na­ram pro­fis­si­o­nais, vivem efe­ti­va­mente de lite­ra­tura. Olhe para trás, conte-​os no pas­sado de nossa lite­ra­tura, leia a bio­gra­fia dos nos­sos meda­lhões, quase todos, com raras exce­ções, eram ama­do­res, tinham empre­gos for­mais, escre­viam nas horas vagas. A ideia de um “mer­cado lite­rá­rio” não nos per­tence. Você não é ame­ri­cano, você não escreve em inglês, você não […]

Nando Moura e Apeles

Toda vez que assisto um vídeo do Nando Moura eu me lem­bro da pará­bola de Apeles e do sapa­teiro. Moura é um músico que gosta de men­ci­o­nar um extenso cur­rí­culo musi­cal para emba­sar suas crí­ti­cas ao funk, ao ser­ta­nejo e ao black metal; mas tam­bém se mete a falar de filo­so­fia, que con­fes­sa­da­mente apren­deu com Olavo de Carvalho, polí­tica e até padrões de toma­das. Suas crí­ti­cas musi­cais são bas­tante jus­tas — ainda que sejam mais ou menos o que qual­quer bípede implume dotado de telen­cé­falo alta­mente desen­vol­vido […]

Pense Fora da Caixa e Entre Nessa Caixa Aqui…

O mer­cado edi­to­rial bra­si­leiro se carac­te­riza, desde há muito, pelo seu con­ser­va­do­rismo. Não me refiro aqui que o mer­cado seja avesso ao novo, mas que ele seja fechado a ques­ti­o­na­men­tos. Existe uma estru­tura de poder, e o autor bra­si­leiro, se qui­ser che­gar à noto­ri­e­dade, pre­cisa de abdi­car de liber­da­des que deve­riam ser essen­ci­ais à arte. O esta­blish­ment lite­rá­rio pre­cisa se pro­te­ger de ques­ti­o­na­men­tos, pre­cisa des­qua­li­fi­car quem ques­ti­ona, pre­cisa infan­ti­li­zar o dis­curso des­vi­ante. E como ele não ousa fazer isso pela boca de seus mem­bros mais […]

O Fetiche do Número na Literatura

“Ultimamente eu venho me sen­tindo como quem escreve no meio de uma guerra.” Este é um sen­ti­mento eco­ado por um jovem autor ame­ri­cano, diante das ideias que pre­do­mi­nam no meio lite­rá­rio de lá. Ideias que, como um lento veneno, se espa­lham pelo mundo e vão este­ri­li­zando outras lite­ra­tu­ras, até transformá-​las no cadá­ver ambu­lante e per­fu­mado em que se trans­for­mou a fic­ção ian­que. Os novos auto­res pare­cem obce­ca­dos por não escre­ve­rem bas­tante rápido ou com sufi­ci­ente frequên­cia, somo se fos­sem gali­nhas obri­ga­das a man­ter uma quota […]

Porque Odeiam Machado de Assis

O ódio a Machado de Assis é muito fre­quente entre jovens que ale­gam terem sido “for­ça­dos” a lê-​lo na escola. Aparentemente os jovens acre­di­tam que a fun­ção da escola é exclu­si­va­mente dar-​lhes o que gos­tam e o que esco­lhem, daí a revolta por rece­be­rem uma tarefa tal. Certamente Machado de Assis é difí­cil, mas para quem não tem boa von­tade, não há faci­li­dade em nada a não ser no nada. A culpa que o Machado tem é a de ser um sucesso e ainda ser […]

Um Homem de Muita Sorte

Baseado em uma dis­cus­são do site Quora.com. “Meu cão mor­reu, fui des­pe­dido de meu emprego e o meu melhor amigo me con­tou que viu a minha namo­rada com outro cara. Como posso encon­trar a feli­ci­dade?Acabo de tirar satis­fa­ções com a minha namo­rada. Discutimos, ela me acer­tou um tapa e me con­tou que está grá­vida do outro cara, com quem já estava saindo há um ano. E afi­nal o cara é o meu chefe, ou melhor, meu ex chefe.Já estou bus­cando um novo emprego e ten­tando […]

Silvia Pilz e os Limites de Caco Antibes

Esta semana a blo­gueira Silvia Pilz final­mente dei­xou de escre­ver sua coluna sema­nal — Zona de Desconforto — para o jor­nal O Globo, após uma intensa rea­ção da inter­net a pos­ta­gens suas em que ela supos­ta­mente ridi­cu­la­ri­za­ria os pobres de uma forma humi­lhante. A queda do blog revela que muita coisa mudou na soci­e­dade bra­si­leira nos últi­mos anos, Silvia não havia per­ce­bido — e muito menos nossa imprensa oli­gár­quica o per­ce­bera. Nunca li o blog, não vou comen­tar o con­teúdo dele em si, mas a forma como tudo acon­te­ceu. O con­teúdo […]

Porque os Autores Querem Tanto Ensinar a Escrever

Participando no Facebook da comu­ni­dade Escritores Ajudando Outros Escritores sem­pre nos depa­ra­mos com os famo­sos “tópicos-​treta”, como esse de hoje, com um ques­ti­o­na­mento muito inte­res­sante: Interessante a enorme quan­ti­dade de auto­res bra­si­lei­ros que seguem a seguinte carac­te­rís­tica: 1 — Publica o pri­meiro livro. 2 — Divulga dicas de como escre­ver bem, de como criar uni­ver­sos, per­so­na­gens cati­van­tes, estru­tura nar­ra­tiva, de trama, como fis­gar lei­to­res, como publi­car, obter sucesso e ven­der milha­res de cópias. Sério mesmo. Essas pes­soas que só publi­ca­ram um livro, por acaso têm alguma ideia do que […]