A Sombra na Serra do Relógio

Doda vivia uma vida bastante comum em um lugar perdido do interior do Brasil, há pouco mais de cinquenta anos, quando sua terra foi visitada por um estranho fenômeno, a partir do qual todas as fundações do que achava normal foram sacudidas. De repente sua família passou a ter um passado estranho, seus vizinhos revelaram coisas que ele nem imaginava, e ele termina ferido e semi-inválido, sonhando em recuperar a força física, a auto-estima e o entendimento do mundo. A partir daí começa sua jornada, que o traz de volta ao encontro de seu passado e de suas limitações.

“A Sombra na Serra do Relógio” é um romance de fantasia histórica ambientado entre abril de 1963 e abril de 1964 em um lugar fictício do interior do estado de Minas Gerais, o município de “Aterrador”, onde se localizam a Serra do Relógio (caracterizada pelo pico de formato triangular, como um ponteiro de solário) e a Serra de Aterrador, um misterioso planalto de encostas íngremes cujo único acesso fácil é através de uma grota entre duas montanhas.

Nesta região vive uma gente estranha, meio alijada do mundo, e acontecem coisas estranhas. Ali uma família se encontra às voltas com o passado nebuloso de uma integrante que vivera alguns anos no Rio de Janeiro, “na época da Guerra”. Aos poucos a trama se adensa, com o protagonista tendo de buscar tratamento médico e respostas.

Deixe seu comentário

Deixe uma resposta