Livros

Abaixo segue uma lista cronológica (mais recentes primeiro) de meus lançamentos, por toda e qualquer editora em que tenha publicado, e também pela KDP. Com as seguintes observações:

  1. Livros que porventura não apareçam nessa lista foram "renegados" ou estão indisponíveis.
  2. Tais livros poderão aparecer, no rodapé da página, apenas como *thumbnails*, futuramente.
  3. Os "renegados" são, principalmente, participações em coletâneas com textos ruins e versões anteriores de livros atualmente publicados.
  4. Os indisponíveis são aqueles que não serão mais postos à venda.
  • O Preço da Passagem

    Francisco é um homem con­tur­bado por um pas­sado mis­te­ri­oso do qual ele não con­se­gue nem se lem­brar e nem se livrar. Em suas alu­ci­na­ções ele vive um pesa­delo no tempo da dita­dura mili­tar, no qual visita luga­res som­brios e tem expe­ri­ên­cias de pro­fundo pavor. No pre­sente, ele tem de confrontar-​se com esses fan­tas­mas enquanto tenta recu­pe­rar sua memó­ria, na qual per­siste um grande buraco negro.

  • Navegadores Psicodélicos

    O futuro da explo­ra­ção espa­cial não está em inau­di­tas tec­no­lo­gias, mas em uma antiga ideia que a huma­ni­dade já quase esque­cera. Mas nos con­fins do espaço existe um perigo extremo, que ame­aça a pró­pria exis­tên­cia da raça humana. Por muito tempo esse perigo tem sido man­tido em segredo, por­que a curi­o­si­dade do homem é mais forte que o ter­ror da des­trui­ção, mas che­gou a hora ...

  • As Cinco Vezes em que o Diabo Enganou Manoel Medeiros

    O que você faria se pre­sen­ci­asse um crime bár­baro e pouco depois alguém apa­re­cesse dis­posto a lhe pagar uma for­tuna para que você jus­ti­çasse o per­pe­tra­dor da mal­dade? Este é o dilema moral de Manoel, um homem sim­ples de uma cida­de­zi­nha do inte­rior, cuja mágoa com as injus­ti­ças do mundo vai cres­cendo até fer­ver no dia em que pre­sen­cia um crime a san­gue frio. A ...

  • A Invasão

    Esta nove­leta cheia de ação, aven­tura e cães famin­tos é um dos nove tex­tos que com­põem a cole­tâ­nea “Mythos Mineiros” e é o mais ori­gi­nal, em minha opi­nião, embora tal­vez não o melhor. Certamente será o que mais agra­dará ao público jovem, ligado em aven­tu­ras, por causa do grande número de ele­men­tos de aven­tura e do ritmo nar­ra­tivo ágil. Nela temos iso­la­dos no mais impro­vá­vel ...

  • Amores Mortos

    Como você lida com as lem­bran­ças de seus amo­res pas­sa­dos? Qual o cri­té­rio que você usa para bus­car seus rela­ci­o­na­men­tos? Oswaldo Silva, o pro­ta­go­nista de “Amores Mortos” se carac­te­riza por duas pecu­li­a­ri­da­des. Primeiramente ele desen­vol­veu uma pre­fe­rên­cia por “ata­car” as mulhe­res vul­ne­rá­veis, isto é, tomar a ini­ci­a­tiva com aque­las que ele per­ce­bem já esta­rem inte­res­sa­das nele. Esta abor­da­gem é o que ele chama de “pre­da­ção ...

  • Praia do Sossego: 2ª Edição

    A segunda edi­ção de Praia do Sossego final­mente está no ar pela Kindle Direct Publishing, ini­ci­al­mente ape­nas para venda em for­mato impresso (o e-​book será fina­li­zado nas pró­xi­mas sema­nas). Trata-​se da segunda edi­ção digi­tal de minhas obras (iné­di­tas ou não) que eu con­fio ao Kindle Direct Publishing, por moti­vos que ainda vou men­ci­o­nar aqui no blog.

    Este foi um tra­ba­lho no qual eu investi muito em ...

  • O Reino Esquecido

    Como você faria se tivesse diante de si um frá­gil indí­cio de algo impor­tante a res­peito do pas­sado? Esse é o dilema enfren­tado pelo jovem Jacques Erhardt, e que vai levá-​lo a mui­tas frus­tra­ções. Ao mesmo tempo, conhe­ce­mos Raimundo, um jovem abso­lu­ta­mente detes­tá­vel que deseja aven­tu­ras a todo custo. Como seus des­ti­nos se encon­tra­rão? Após lon­gos dez anos de ges­ta­ção (que incluí­ram um período de ...

  • Mythos Mineiros

    Mythos Mineiros: Contos & Causos das Inomináveis Gerais é uma cole­tâ­nea de nove his­tó­rias (nove­le­tas e con­tos) que têm em comum a ambi­en­ta­ção no inte­rior de Minas Gerais e a ins­pi­ra­ção no “hor­ror cós­mico” de H. P. Lovecraft e Clark Ashton-​Smith — daí a gra­fia “mythos”. Para algu­mas des­tas his­tó­rias eu apro­vei­tei ideias ano­ta­das, mas não desen­vol­vi­das, de Clark Ashton-​Smith (em geral pouco mais que uma frase ...

  • “Os Livros Apócrifos” — Antologia

    Organizada por Rubem Cabral, esta é a segunda anto­lo­gia da Editora Caligo de que par­ti­cipo, esta reúne tex­tos ins­pi­ra­dos pelas nar­ra­ti­vas bíbli­cas, tanto do Velho quanto do Novo Testamento. Nove auto­res explo­ram temas para­le­los às nar­ra­ti­vas conhe­ci­das, ou adi­ci­o­nam novas dimen­sões a cená­rios que a Bíblia mesmo não chega a desen­vol­ver. Minha par­ti­ci­pa­ção é com o conto “Epístola de Pilatos”, que tenta nar­rar a Paixão ...

  • O Pecado da Tristeza

    Lançado pela ComArte (editora-​laboratório da USP), O Pecado da Tristeza e outras his­tó­rias, meu segundo livro solo publi­cado, sétimo no total, é uma cole­tâ­nea de his­tó­rias escri­tas entre 2006 e 2010, que reflete os valo­res e ideias que me assal­ta­vam naquele momento. Conta com apre­sen­ta­ção do escri­tor Ronaldo Cagiano e inclui 25 con­tos que giram em torno dos temas soli­dão, tris­teza, melan­co­lia e depres­são. Alguns ...

  • Redrum — Contos de Crime e Morte

    A pri­meira cole­tâ­nea de que par­ti­ci­pei em muito tempo, e “abre os tra­ba­lhos” com minha nova edi­tora. Para esta cole­tâ­nea, pro­duzi um texto ori­gi­nal cha­mado “A Noiva Liberdade”, que se baseia em uma ideia reti­rada de um poema de Castro Alves. Pelo con­ceito da cole­tâ­nea, todas as his­tó­rias deve­riam ser sobre cri­mes de morte, mas eu, para não cair no lugar-​comum, inven­tei um tipo insi­di­oso ...

  • O Mundo Fantástico de Howard Phillips Lovecraft Capa de Mundo Fantastico

    Edição inde­pen­dente de uma cole­tâ­nea de algu­mas das obras mais sig­ni­fi­ca­ti­vas do mes­tre ame­ri­cano do hor­ror cós­mico. Participei com as tra­du­ções de cinco con­tos: A Busca de Iranon, Um Sussurro nas Trevas, O Inominável, O Depoimento de Randolph Carter e O Habitante das Trevas. A Edição da Clock Tower é um pro­jeto ousado, movido ape­nas pelo tra­ba­lho de volun­tá­rios (tra­du­ção, revi­são, ilus­tra­ção, pro­jeto grá­fico, ...

  • Tradução: A Casa no Limiar

    Esta é uma tra­du­ção para o por­tu­guês o romance “The House on the Borderland”, publi­cado em 1907 pelo inglês William Hope Hodgson. Trata-​se de uma obra obs­cura da lite­ra­tura gótica bri­tâ­nica (a meu ver ime­re­ci­da­mente esque­cida), que está de certa forma rela­ci­o­nada a dois outros tex­tos do mesmo autor, mere­ce­do­res ambos de mérito lite­rá­rio: “The Night Land” (A Terra Noturna) e “The Boats of the ...


Obras não disponíveis

As obras abaixo estão fora de catálogo no momento ou são versões anteriores das listadas acima. Oportunamente eu vou deletar esta seção do blog, transferindo as resenhas das obras para páginas individuais, caso alguma destas obras volte a ficar disponível.


Coletânea de Finalistas do Festival Cultural BB 2010 (Banco do Brasil, 2011) — Coletânea que reúne os quatorze finalistas da fase nacional do concurso (eu entre eles, com "O Sarau do Valdir", representando do estado de Minas Gerais) e mais dezesseis menções honrosas.

O Festival Cultural BB é um evento cultural anual organizado pelo Banco do Brasil para seus funcionários da ativa e aposentados; bem como seus cônjuges e parente. Cada ano são três categorias de arte (em 2010 foram Crônica, Fotografia e Dança de Salão). Os participantes são selecionados inicialmente em uma fase regional e posteriormente participam de um evento final, organizado pelo Banco do Brasil e a Fundação Banco do Brasil.


Revista "O Verbo" (Independente) — Projeto iniciado na época em que era moderador e co-proprietário da melhor comunidade literária do Orkut, esta revista surpreendeu muita gente pelo simples fato de ter vindo à existência, em prazo tão curto e com textos de tanta qualidade. Apesar de prejudicada por alguns problemas de revisão (no sentido de que alguns autores não ficaram satisfeitos com as revisões feitas), a revista apresentou notável harmonia de conteúdo e prometia muito. Foi uma pena a situação na comunidade ter mudado, e o próprio Orkut ter perdido sua graça.

Nesta eu participei com três textos: "Como Evitar Livros Ruins", "Ruído" e "As Vozes", os quais estão todos transcritos aqui no blogue, em versões revisadas.


Revista Textura (Independente) — A ideia de fazer uma revista literária reunindo meus amigos do Orkut é antiga, tendo resultado inicialmente na revista "O Verbo", de julho de 2009. Esta deveria ter sido, inclusive, publicada por uma editora tradicional, mas contratempos de última hora acabaram resultando no cancelamento.

Desta revista eu fui o editor e também coloquei dois textos meus: uma crônica ("Morrer Nunca Esteve Tão Na Moda") e um conto ("Silêncio"). No total participaram trinta e dois autores e a revista ainda conta com ilustrações, de autoria de Pedro H. G. Paiva e uma linda capa baseada em uma pintura de Kate Manhães. Você pode adquirir esta revista impressa ou em forma de download através do site Lulu.com (mas sem a capa que aí está, devido a limitações do sistema deles).


Solarium

SOLARIUM (Editora Multifoco) — BEM-VINDOS AO FUTURO! Este é o convite que a antologia SOLARIUM (organizada por Frodo Oliveira) faz àqueles que não têm medo de vislumbrar o que ainda está por vir. Cidades perdidas, seres de outros planetas, batalhas monumentais, galáxias distantes, tudo isso faz parte do inconsciente coletivo dos que, um dia, se apaixonaram pelo mundo fantástico da Ficção Científica. Convidamos você a desvendar conosco o grande mistério que é o futuro, este eterno desconhecido…

Desta coletânea eu participei com o conto "Os Estranhos", cujos personagens estão encurralados em uma pequena cidade do interior de Minas Gerais após a chegada de seres misteriosos. Embora não seja exatamente uma obra de ficção "científica", o texto agradou, tendo sido o único da coletânea citado pelo site Homem Nerd ao comentar o lançamento.

Atualização em 3 de setembro de 2010: aparentemente eu me enganei ou então editaram a página do Homem Nerd desde a época em que tinha lido da primeira vez. Obrigado ao amigo Jefferson por me apontar o engano.


Solarium2

SOLARIUM 2 (Editora Multifoco) — O primeiro volume de "Solarium – Contos de Ficção Científica" (lançado em abril de 2009) foi um sucesso e preparou o caminho para o volume 2, que vem a lume quase seis meses depois, com a missão de dar continuidade à ideia original de ser a porta de entrada para que novos autores de Ficção Científica possam se lançar no mercado editorial, desenvolvendo e lapidando seu talento e, quem sabe, dando continuidade a uma carreira literária sólida e duradoura.

Participei desta vez com um conto chamado "O Último Reduto" — que narra a história de um homem sem lembranças que desperta em um estranho quarto de hospital, em meio a pessoas que falam uma língua incompreensível. À medida em que a trama se desenrola ele vai redescobrindo as suas próprias lembranças e reorganizando sua identidade, até, finalmente, compreender quem é e onde está, para seu grande choque.


Sinistro!

SINISTRO (Editora Multifoco) — O terror não escolhe dia, hora ou lugar para se fazer presente. Ele simplesmente chega, instala-se e faz com que toda lógica e discernimento se evaporem como que por encanto da mente das pessoas. E elas se veem a sós com seu mais terríveis temores. O terror pode ter princípio, mas quase sempre não tem fim. E não adianta lutar contra o medo que ele provoca, pois por mais que tente negar, o tremor das mãos, os pelos eriçados e o bater descompassado do coração provam que você está irremediavelmente apavorado. E isso é o que há de mais Sinistro!…

Embora o terror não seja o meu gênero favorito, participei desta coletânea com um de meus melhores e mais trabalhados textos, "O Preço da Passagem", uma obra que mistura referências históricas (regime militar), literárias (Inferno de Dante) e mitológicas (Lúcifer e os anjos caídos) em um texto densamente poético e de ritmo lento e fluido.


Rede de Contos

REDE DE CONTOS (CBJE/Independente) — Pequena coletânea de textos originalmente publicados no Orkut e organizada pelo meu amigão Ricardo Falco. Trata-se de um livro-portfólio, pois contém ao final as biografias escritas pelos oito contistas publicados e uma introdução escrita pelo Adryan Sinki, dono da comunidade Novos Escritores do Brasil.

O meu texto nesta coletânea é um conto curto, chamado "Secretária Eletrônica", que é uma brincadeira com essa curiosa denominação que nós, brasileiros, resolvemos dar à "máquina de responder" inventada pelos americanos. O livro também contém um texto de apresentação de meu trabalho junto à comunidade "Novos Escritores do Brasil".