Amores Mortos

Como você lida com as lembranças de seus amores passados? Qual o critério que você usa para buscar seus relacionamentos? Oswaldo Silva, o protagonista de "Amores Mortos" se caracteriza por duas peculiaridades. Primeiramente ele desenvolveu uma preferência por "atacar" as mulheres vulneráveis, isto é, tomar a iniciativa com aquelas que ele percebem já estarem interessadas nele. Esta abordagem é o que ele chama de "predação por tocaia". Além dessa estratégia, que a maioria dos homens considera desprezível, inclusive pela tendência a fazê-lo colher quase só os "frutos mais baixos", Oswaldo não consegue se desenvencilhar dos relacionamentos falhados, o que o leva a prolongar amores que não tem futuro e revisitar paixões que já não tinham dado certo. Ao longo da vida, esses hábitos o vão levando a uma situação emocional cada vez mais complicada, na qual ele tem cada vez menos controle de suas "escolhas".

Esta é a história deste romance complexo, contado pela boca de um narrador vacilante, às vezes bêbado, e determinado a "limpar a barra" de seu passado. As idas e vindas da história tentam confundir o leitor, impedi-lo de enxergar aquilo que Oswaldo, mesmo tentando esconder, acaba por revelar.

Acompanhe essa narrativa irônica, às vezes constrangedora, às vezes comovente, e tente decidir se você odeia Oswaldo ou se compadece dele, se você lhe recomendaria um psiquiatra ou se toparia ser a sua próxima "vítima" incluída em seu famigerado caderninho de capa verde.

Dando continuidade ao meu esforço de finalização e publicação através da Amazon de todas as minhas obras escritas até aqui, inéditas ou não, está no ar o romance "Amores Mortos", escrito em 2011, revisto e finalizado em maio de 2015.

Please follow and like us:
0

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This blog is kept spam free by WP-SpamFree.