O Mundo Fantástico de Howard Phillips Lovecraft

Edição inde­pen­dente de uma cole­tâ­nea de algu­mas das obras mais sig­ni­fi­ca­ti­vas do mes­tre ame­ri­cano do hor­ror cós­mico. Participei com as tra­du­ções de cinco con­tos: A Busca de Iranon, Um Sussurro nas Trevas, O Inominável, O Depoimento de Randolph Carter e O Habitante das Trevas. A Edição da Clock Tower é um pro­jeto ousado, movido ape­nas pelo tra­ba­lho de volun­tá­rios (tra­du­ção, revi­são, ilus­tra­ção, pro­jeto grá­fico, cata­lo­ga­ção) e com a pro­posta de venda a um grupo fechado de com­pra­do­res, ele dá à luz um volume que deve, em breve, ser refe­rên­cia para auto­res bra­si­lei­ros de fic­ção cien­tí­fica e hor­ror: a pri­meira edi­ção abran­gente das obras de H. P. Lovecraft no Brasil.

Capa de Mundo Fantastico

O obje­tivo é ambi­ci­oso: reu­nir as obras mais sig­ni­fi­ca­ti­vas do mes­tre do hor­ror cós­mico, tanto em prosa quanto em verso, em um volume ilus­trado e acom­pa­nhado de pre­fá­cio e de uma longa bio­gra­fia do autor. Espera-​se que o volume tenha mais de 400 pági­nas! Além disso, a edi­ção será em for­mato grande, em papel de pri­meira qua­li­dade, em vez das edi­ções de bolso que nor­mal­mente são reser­va­das para os gêne­ros “meno­res” (como a fic­ção cien­tí­fica e o hor­ror) pelas edi­to­ras tra­di­ci­o­nais.

Esta edi­ção foi pos­sí­vel por­que toda a obra do autor encontra-​se em domí­nio público no Brasil desde 2007, con­si­de­rando que ele mor­reu em 1937. Mas de nada adi­an­ta­ria a obra estar dis­po­ní­vel se Denílson não con­se­guisse reu­nir, atra­vés da inter­net, uma vari­ada equipe de pes­soas de todas as par­tes do país, das mais diver­sas pro­fis­sões e inte­res­ses. Tradutores, revi­so­res, crí­ti­cos, bió­gra­fos, dese­nhis­tas, desig­ners. Coordenando um grupo de deze­nas de pes­soas, sepa­ra­das pelas dis­tân­cias físi­cas e cul­tu­rais que a Internet, e ape­nas ela, per­mite ven­cer, o edi­tor nos traz a esse momento glo­ri­oso, em que nasce, quase de um parto, um livro des­ti­nado a ser refe­rên­cia pelos anos que hão de vir.

Sinto pro­fundo orgu­lho de ter cola­bo­rado nesse tra­ba­lho, com a tra­du­ção de nada menos que qua­tro con­tos do Mestre, dos quais três devem ser apro­vei­ta­dos nesse pri­meiro volume:1

  • A Busca de Iranon (The Quest of Iranon),
  • Um Sussurro na Escuridão (A Whisperer in Darkness),
  • O Habitante das Trevas (The Haunter of the Dark),
  • O Depoimento de Randolph Carter (The Statement of Randolph Carter).

Visite o Site Lovecraft para mais infor­ma­ções, e pre­pare alguns cobres para com­prar, até janeiro ou feve­reiro, a pri­meira edi­ção de luxo e inde­pen­dente das obras de H. P. Lovecraft no Brasil. Sugiro fazer já a sua reserva, pois a tira­gem será res­trita aos que enco­men­da­rem. Eu já enco­men­dei OS MEUS.


  1. Sim, ouso dizer “pri­meiro volume” por­que seria mais do que apro­pri­ado usar o conhe­ci­mento já adqui­rido e fazer um segundo volume. O autor tem obras em quan­ti­dade sufi­ci­ente para ali­men­tar várias repe­ti­ções desse pro­jeto. E eu ainda sonho, muito em tra­du­zir para o por­tu­guês The Dream-​Quest for Unknown Kadath. 

One thought on “O Mundo Fantástico de Howard Phillips Lovecraft

  1. Lembro quando você comen­tou sobre essa ini­ci­a­tiva…
    Muito legal 🙂
    Lovecraft não é exa­ta­mente minha praia (não sou muito fã do gênero ter­ror e afins), mas tenho cer­teza que será uma obra memo­rá­vel 😀

    P.S.: Estou fazendo o comen­tá­rio de den­tro do Liferea! uhu­uuu!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This blog is kept spam free by WP-SpamFree.