Povo Marcado, Povo Feliz

20 janeiro há 9 meses

Há dois tipos de pessoas úteis no mundo. As que acendem o fogo e as que o apagam ou controlam. A civilização não existiria sem o fogo. Mas seria consumida sem seu controle. Por muito tempo foi teoria de conspiração o envolvimento americano no golpe de 1964. Que Vladimir Herzog fora morto no DOPS, onde foi meramente "dar depoimento". Por muito tempo foi teoria de conspiração que Jim Jones fora envolvido com a CIA. Por muito tempo duvidaram que Georgi Markov foi morto pela KGB. […]

Seja o primeiro a comentar

Precisamos Falar Sobre Reis e Barrigas

4 janeiro há 10 meses

Há um espectro que ronda a literatura nacional, desde há algum tempo: o ressentimento de uma classe de autores e críticos contra o maior defeito da literatura nacional, o seu povo. A literatura brasileira é, apesar do que pensem os indivíduos que residem em suas torres de marfim, a literatura de um povo oprimido, uma literatura de resistência. Ela tem de combater a cada dia não somente contra as próprias limitações materiais de um país que ainda é subdesenvolvido, mas também contra um sistema que […]

Seja o primeiro a comentar

Fetiches de Tamanho, Qualidade e Exclusividade

28 dezembro há 10 meses

Talvez por insegurança, ou por algum traço cultural que eu ainda não mapeei, o brasileiro tem uma necessidade curiosa de enfatizar o tamanho ou a qualidade de tudo o que vê, especialmente do que possui. O Brasil é um país onde não se compra manteiga que não seja “de primeira qualidade”, nem arroz tipo 2, nem carne de segunda ou de terceira (eliminou-se a distinção antiga). Onde qualquer vendinha se chama “supermercado” e um estabelecimento sem filiais se chama “Lojas Fulano”. Onde qualquer calhambeque será […]

Seja o primeiro a comentar

Por que que a gente é assim?

22 dezembro há 10 meses

Mais uma vez? É claro que eu 'tô a fim. Parodio Cazuza para dizer que o escritor brasileiro parece não se cansar de ser humilhado. Não basta praticar uma arte considerada "fácil" por quase todo mundo que não a pratica, não basta que considerem a literatura algo supérfluo "com tanta gente passando fome" e tampouco basta que vejamos as prateleiras de nossas livrarias ocupadas majoritariamente por uma espécie de subliteratura cagada sobre nós pelo sistema hegemônico em que estamos inseridos. Nada disso basta, temos de […]

Seja o primeiro a comentar

Amor Gótico

16 outubro há 1 ano

Ouviram um rangido desagradável. A lua gorda de maio abriu uma janela estreita entre as nuvens e a fumaça para ver Lucinda nua. Ela riu, a lua deve ter rido de volta, fazendo-lhe cócegas na pele pálida. Então ele se afastou, constrangido e com a sensação incômoda de ter as nádegas desprotegidas contra o vento e o desconhecido. — Já foi? Queria mais… — Você não sossega esse facho, Lucinda? — Deixe, cara. Aproveite a noite, aproveite a lua, aproveite a paisagem. E aproveite que […]

Seja o primeiro a comentar

Gostei do Nobel para o Dylan

14 outubro há 1 ano

Como sou do tipo que acredita que uma Academia é essencialmente uma desculpa para um bando de velhos se concederem prêmios e ignorar o que se faz de novidade neste mundo, nunca dei muita bola ao Prêmio Nobel de Literatura. Especialmente porque a maioria de seus agraciados tem pouca relevância “pop” — o que significa que trazem pouca polêmica — e os que a têm já estão velhos demais para trazerem alguma sacudida ao caretíssimo universo das letras. A coisa mais parecida com tal sacudida […]

Seja o primeiro a comentar

Como Seria a Vida sob o Comunismo?

6 outubro há 1 ano

O artigo a seguir é um exercício de imaginação, baseado nas obras de Karl Mark e Lênin. Não se trata de uma descrição da vida na União Soviética porque esta jamais atingiu o estágio do “comunismo ideal”, embora tenha sido o estado que dele mais se aproximou. Algumas das coisas citadas aqui existiram na União Soviética, outras nunca saíram da teoria revolucionária. A diferença entre uma e outra eu deixo como um exercício para o leitor interessado. Esta foi originalmente uma resposta que dei a […]

Seja o primeiro a comentar

Há Escritores Que São Burros

22 setembro há 1 ano

Vou começar a patrulhar minha timeline em busca de escritores que defendem essa reforma educacional só para ter o prazer de chamá-los de burros. Alguém que trabalha com cultura ou é da área educacional e defende essa monstruosidade enfiada pela goela abaixo do país merece ganhar de Natal quatro ferraduras. É estarrecedor ver gente da área educacional ou cultural defender, por razões ideológicas, um projeto que piora ainda mais os PCN e vai na contramão de tudo que se pensou de modernidade em educação nas […]

Seja o primeiro a comentar

Algumas das Melhores Frases de “Terra da Noite”

21 setembro há 1 ano

Concluída a tradução, compartilho com meus leitores uma pequena lista de frases de impacto extraídas do livro. Através delas espero convencer os leitores de que W. H. Hodgson não era tão canastrão quanto os seus críticos o fazem parecer. Era uma personalidade complexa e capaz de escrever extraordinária ficção, mas que padeceu de algumas dificuldades para publicar seu trabalho e não recebeu boa orientação de seus editores. Só isso. “Era só o meu ser inteiro que estava em turbilhão.” (23) – Um belo exemplo de […]

Seja o primeiro a comentar

Mythos Mineiros

19 setembro há 1 ano

Mythos Mineiros: Contos & Causos das Inomináveis Gerais é uma coletânea de nove histórias (noveletas e contos) que têm em comum a ambientação no interior de Minas Gerais e a inspiração no "horror cósmico" de H. P. Lovecraft e Clark Ashton-Smith — daí a grafia “mythos”. Para algumas destas histórias eu aproveitei ideias anotadas, mas não desenvolvidas, de Clark Ashton-Smith (em geral pouco mais que uma frase ou parágrafo). O título alude ao *mythos de Cthulhu, que é um elemento comum a várias obras dois autores, e […]

Seja o primeiro a comentar

Em Nome de Stallman e Torvalds, Salvai-me!

10 setembro há 1 ano

Devo ser o único ser vivente neste sistema solar que ainda insiste em usar nomes de arquivo padrão 8.3 (não, minha idade não é da sua conta). O arquivo se chamava roseira.odt (e isso não tem nada a ver com o título, exceto que em uma das histórias há um roseiral). Se você acha que isso é receita para algum azar, deve ter razão. Não sou, também, nenhum exemplo de organização. Há mais a fazer do que tempo para organizar o feito. Meu computador está […]

Seja o primeiro a comentar

Há uma Gota de Lágrima em Certas Piadas

8 setembro há 1 ano

Esta semana o humorista Sérgio Mallandro foi ao programa “The Noite”, de Danilo Gentilli, e deu uma das mais desconcertantes entrevistas da história da televisão brasileira. Antes de comentar, gostaria que você assistisse, para que eu não estrague a sua experiência com spoilers: O poeta é um fingidor Finge tão completamente Que chega a fingir que é dor A dor que deveras sente. — Fernando Pessoa. Ao assistir a entrevista, especialmente após o seu surpreendente final, fui tomado por uma melancolia inesperada, em vez de […]

Seja o primeiro a comentar