Um Faroeste Farofeiro

Francamente, eu poderia escrever uma resposta inteira só a respeito de letras ruins da Legião Urbana, um grupo que transformou a sua maior fraqueza (a lírica) na suposta marca maior de sua qualidade (Renato Russo, “o poeta do rock”). Poderei, se algum dia me pedirem, por hoje eu me limito a Faroeste Caboclo, o “hino”…

O dia em que a música caipira fez o Brasil progredir nos costumes

A música caipira não é normalmente associada a uma mentalidade progressista nem à liberação dos costumes. Muito pelo contrário: idealiza um passado de pureza perdida em que os homens eram os homens, as mulheres eram bonitas (mas submissas), ser fazendeiro era ser uma espécie de rei e o boiadeiro era nosso herói, uma mistura de…

Porque a música pop é “ruim”

Pela própria definição do termo, a música “pop” tem de ser ruim. Se por algum motivo o pop se torna bom, imediatamente adquire outro rótulo. Adicionado (como os subgêneros do rock) ou em substituição ao anterior, como a “black music” dos anos 1960 e 1970. Em qualquer forma de arte, o “pop” é a lata…

Os Dândis do Congo

“The Congo Dandies”, do canal Russia Today, abriu meus olhos para um fato que eu até já intuía, mas que nunca racionalizara, muito menos verbalizara: o impacto que a ideologia consumista tem sobre as culturas do mundo em desenvolvimento, notadamente gerando situações em que o fetiche da mercadoria *cria* subculturas. Infelizmente ainda não legendado em…

Ser “Gênio” em uma Sociedade Ignorante

Se concordarmos com Jiddhu Krishnamurti, que disse não ser grande prova de sanidade estar ajustado perfeitamente a uma sociedade doente, podemos assumir como corolário desta afirmação que “não é grande prova de genialidade ser reconhecido como brilhante por uma sociedade apagada”. A sociedade brasileira é majoritariamente composta por pessoas apagadas, episódios como o que acaba…