A Lenda da Maniçoba

Uma tribo errante estava perdida há muitos dias por uma região desconhecida, onde os animais eram diferentes e as plantas não se pareciam com as que tinham o hábito de comer. Com a reserva de comida começando a acabar, precisavam urgentemente encontrar alguma outra fonte de alimento. Foi então que encontraram uma planta que por…

Onde Marx Deu Certo

As ideias de Marx “deram certo” em todo lugar, mas isso não significa o que você está pensando. Marx tinha, certamente, sua ação política e seus objetivos, mas ele era primariamente um economista e um filósofo. Sua ação política derivava de sua compreensão da economia, da história e da filosofia. Ele não foi um político…

A Verdade Antiga

Há uma crença muito difundida segundo a qual os antigos conheceram a verdade e a transmitiram até nós. Por isso os livros antigos são “sagrados” e os tempos de antigamente são idealizados por quase todas as religiões. No mínimo o fazem porque, sem a afirmação de que eram tempos perfeitos seria impossível dizerem que seus…

Porque a visão positivista da história está obsoleta

Que critérios determinam que o positivismo é uma visão obsoleta da história? Esta pergunta foi feita por mim mesmo, no Quora, para ser respondida por quem se interessasse. A intenção, porém, desde o início era eu mesmo escrever uma resposta — motivada pelos comentários recebidos em minha resposta sobre as distorções da História do Brasil…

A grande mudança de paradigma

Como Marshall McLuhan explica a degeneração da vida política do ocidente iluminista. O mundo inteiro está sofrendo, desde mais ou menos a época da Segunda Guerra Mundial, uma profunda mudança de paradigma cultural, ao fim da qual o ser humano como conhecemos deixará de existir. Caso a própria humanidade ainda exista dentro de cem anos,…

Certos Livros Podem Ser Escritos, Mas Não Precisavam Ser

Há uma antiga lição do mestre Sun Tzu que nos explica bem o dilema de entrar em disputas desnecessárias. Esta semana tive a oportunidade de perceber quão certo é o conselho milenar do general chinês: Não basta fazer algo pelo simples bem de algo: certifique-se de que isso o ajude. Se é para a sua…

Não Matemos os Livros por Causa de Nossos Pecados

Eu entendo muito bem quem se ressente da existência de “sexismo”, “racismo”, ou puro mau-caratismo em obras literárias (ou quaisquer outras), mas acredito que essas pessoas padecem de um imenso equívoco quando começam a focar nessas imperfeições das obras literárias do passado. Não chego a dizer que é “mimimi” (mesmo me coçando a língua para…

Ai dos Heróis

Ai de vós que desejais ser heróis. Os vilões não vos perdoarão os pecados da vossa humanidade… — Profecias do Oráculo Cataguasense É relativamente confortável ser mau. Além de incontroverso, pois a média da humanidade só odeia do mau que ele seja revelado, o mal é recompensador. É fácil ser mal. É quase irresponsável. Quem…

Render-se à Jornada do Herói é Conformar-se

Veja bem. Há uma quantidade limitada de elementos possíveis na ficção. Cabe ao autor utilizar esses elementos de uma forma sábia, para construir uma história legal. Eventualmente você pode até descobrir um elemento novo, mas não veja isso como obrigação. Aqueles que propõem a Jornada do Herói como um paradigma obrigatório estão, porém, muito errados….

A Beleza do Coronelismo a Gente Vê por Aí

A julgar pelo que ando ouvindo de comentários, na próxima segunda feira (depois de amanhã) estreará na televisão mais uma novela de época em que o canal [ainda] hegemônico tentará nos convencer que o latifúndio, o coronelismo e a pistolagem são coisas maneiras. Não é nenhuma novidade que a televisão — um meio dominado por…