Porque a visão positivista da história está obsoleta

Que critérios determinam que o positivismo é uma visão obsoleta da história? Esta pergunta foi feita por mim mesmo, no Quora, para ser respondida por quem se interessasse. A intenção, porém, desde o início era eu mesmo escrever uma resposta — motivada pelos comentários recebidos em minha resposta sobre as distorções da História do Brasil…

A grande mudança de paradigma

Como Marshall McLuhan explica a degeneração da vida política do ocidente iluminista. O mundo inteiro está sofrendo, desde mais ou menos a época da Segunda Guerra Mundial, uma profunda mudança de paradigma cultural, ao fim da qual o ser humano como conhecemos deixará de existir. Caso a própria humanidade ainda exista dentro de cem anos,…

Certos Livros Podem Ser Escritos, Mas Não Precisavam Ser

Há uma antiga lição do mestre Sun Tzu que nos explica bem o dilema de entrar em disputas desnecessárias. Esta semana tive a oportunidade de perceber quão certo é o conselho milenar do general chinês: Não basta fazer algo pelo simples bem de algo: certifique-se de que isso o ajude. Se é para a sua…

Não Matemos os Livros por Causa de Nossos Pecados

Eu entendo muito bem quem se ressente da existência de “sexismo”, “racismo”, ou puro mau-caratismo em obras literárias (ou quaisquer outras), mas acredito que essas pessoas padecem de um imenso equívoco quando começam a focar nessas imperfeições das obras literárias do passado. Não chego a dizer que é “mimimi” (mesmo me coçando a língua para…

Ai dos Heróis

Ai de vós que desejais ser heróis. Os vilões não vos perdoarão os pecados da vossa humanidade… — Profecias do Oráculo Cataguasense É relativamente confortável ser mau. Além de incontroverso, pois a média da humanidade só odeia do mau que ele seja revelado, o mal é recompensador. É fácil ser mal. É quase irresponsável. Quem…

Render-se à Jornada do Herói é Conformar-se

Veja bem. Há uma quantidade limitada de elementos possíveis na ficção. Cabe ao autor utilizar esses elementos de uma forma sábia, para construir uma história legal. Eventualmente você pode até descobrir um elemento novo, mas não veja isso como obrigação. Aqueles que propõem a Jornada do Herói como um paradigma obrigatório estão, porém, muito errados….

A Beleza do Coronelismo a Gente Vê por Aí

A julgar pelo que ando ouvindo de comentários, na próxima segunda feira (depois de amanhã) estreará na televisão mais uma novela de época em que o canal [ainda] hegemônico tentará nos convencer que o latifúndio, o coronelismo e a pistolagem são coisas maneiras. Não é nenhuma novidade que a televisão — um meio dominado por…

A Mulata Globeleza Não É Beleza

Este artigo é uma resposta a esta postagem no Facebook. Cobri o nome da pessoa porque existe risco de vergonha alheia. A ilusão da liberdade é uma das formas mais eficazes de perpetuar a servidão. Faça com que o indivíduo creia que suas escolhas são livres e ele se orgulhará de sua canga e morderá…

Ainda Será Possível Falar do Brasil?

Parece que o Brasil virou crime. É impossível falar do país que é nosso sem desagradar a alguém. Para toda tentativa de se abordar a história e cultura nacional haverá um grupo que se ofenda e que se defenda. É como se fosse preciso passar uma borracha sobre todo o tempo até ontem e começar…

Impressões da Leitura de “Coração das Trevas”, de Joseph Conrad

> Atenção: Este texto contém “spoilers” e deverá ser lido somente por quem já tenha lido “Coração das Trevas”. Deixei passarem algumas semanas desde minha leitura deste ótimo livro antes de começar a comentar, a fim de evitar que os comentários do tradutor e do editor me influenciassem numa direção ou noutra. Para permitir que…