A questão da autoridade como parte do dilema da crença

Depende. Em alguns casos, sim. Em outros, não. Antes de mais nada vamos lembrar que Deus, tal como definido pelas religiões predominantes em nossa cultura, é, sim, uma figura de autoridade. Teórica, mas ainda assim autoridade (na prática, como me disse certo professor de filosofia, todo deus é um deus otiosus). Ocorre que nem todo…

Os Que Falham e os Que Nem Tentam

Aqueles que nunca tentam ainda subestimam as catástrofes da derrota, e os que falharam superestimam os confortos da covardia. Perder é horrível, falhar é cabuloso, acovardar-se é detestável, não viver por medo de errar o tornará um velho amargo. Sou especialista em ambas as coisas porque tenho um longo histórico de covardias alternadas com falhas…

Ninguém Avisa que o Imperador Está Nu

Uma característica do autoritarismo quando se instala é destruir o diálogo das lideranças com as equipes de assessoria. Isso acontece porque, se o líder é tirânico, ninguém quer passar pela tensão de confrontá-lo. Até os melhores profissionais preferem a discrição. O líder autoritário tende a adotar uma cadeia de comando em estilo militar, em que…

Para Não Espelhar Seu Estilo

Há jovens autores que acreditam que um escritor deve, pelo menos ocasionalmente, abster-se de ler a fim de não “espelhar o estilo” de quem leiam. Avisem-me quem são esses autores para que eu nunca compre nenhum livro seu. A criatura que evita ler para “para não espelhar um estilo” é muito ingênua e se encontra…

A Geração do “Foda-se”

Comentário lido em uma rede social a respeito dos médicos capixabas que tiraram fotos de calças arriadas e fazendo gestos obscenos e publicaram na Internet: FODA-SE o trauma que isso desperta em alguem… Minha reação a este comentário inacreditável foi esta: Esse pensamento pode até ser aceitável na boca de uma pessoa qualquer, mas nunca…

Você Não Precisa de Incentivo, Precisa Gostar Mais do que Faz

Há quem diga que muitos projetos literários ficam inacabados porque falta incentivo. Discordo frontalmente. Incentivo jamais existiu, pelo menos não no Brasil. Olhe em torno, conte quantos autores nacionais se tornaram profissionais, vivem efetivamente de literatura. Olhe para trás, conte-os no passado de nossa literatura, leia a biografia dos nossos medalhões, quase todos, com raras…

Ai dos Heróis

Ai de vós que desejais ser heróis. Os vilões não vos perdoarão os pecados da vossa humanidade… — Profecias do Oráculo Cataguasense É relativamente confortável ser mau. Além de incontroverso, pois a média da humanidade só odeia do mau que ele seja revelado, o mal é recompensador. É fácil ser mal. É quase irresponsável. Quem…

A Alienação no Processo Criativo

Os autores, especialmente os mais jovens, mas não somente eles, costumam reagir com certa amargura quando o tema “alienação” é colocado em discussão. A ideia de que o conceito sequer exista ou possa ser aplicado à literatura lhes parece ofensiva, como se alguns autores quisessem colocar-se em um pedestal moral — o que nunca é…

Pense Fora da Caixa e Entre Nessa Caixa Aqui…

O mercado editorial brasileiro se caracteriza, desde há muito, pelo seu conservadorismo. Não me refiro aqui que o mercado seja avesso ao novo, mas que ele seja fechado a questionamentos. Existe uma estrutura de poder, e o autor brasileiro, se quiser chegar à notoriedade, precisa de abdicar de liberdades que deveriam ser essenciais à arte….

O Método Asimov

O amigo João Gerônimo dos Santos se mostra espantado com um texto em que Isaac Asimov descreve o processo de criação do épico “Fundação”. Não pela sua dificuldade, mas pela forma como o autor o apresenta: sem *glamour* e sem divina centelha (também conhecida como “inspiração”). Para Asimov, o processo foi algo assim: Eu tinha…